Escalas diatônicas na guitarra – domine as digitações no braço inteiro

By Alex Martinho | Aulas de Guitarra

jul 24

Nessa aula eu trago minha metodologia simplificada para dominar as escalas diatônicas maiores e menores por todo o braço da guitarra. Acompanhe!

1) Introdução

Dentro da metodologia que venho utilizando durante essa série de aulas gratuitas eu ensinei os assuntos na seguinte ordem:

  1. Primeiro ensinei os cinco desenhos de oitavas ao longo do braço;
  2. Depois ensinei as cinco fôrmas de acordes (C-A-G-E-D) que estão em torno dessas oitavas, tanto maiores quanto menores;
  3. Na aula passada, ensinei os cinco desenhos de escalas pentatônicas que estão em torno desses acordes.
  4. Hoje, vou trazer a última etapa que é encaixar em cima de cada desenho de pentatônica um desenho de escala diatônica, que assim como a pentatônica pode ser maior ou menor e tem sete notas no total. As diatônicas são as escalas completas, maiores ou menores.

Em outras palavras: eu tinha primeiro somente as tônicas (uma única nota se repetindo em oitavas) em cinco diferentes regiões; depois eu coloquei mais duas notas em cada uma dessas cinco regiões, tendo assim as tríades (fôrmas de acordes C, A, G, E e D); depois acrescentei mais duas notas em cada região e com isso passei a ter as pentatônicas (escalas com cinco notas); e hoje estou acrescentando mais duas notas em cada região, tendo assim as escalas completas (diatônicas, com 7 notas).

PS: Para entender toda a teoria musical por trás das escalas diatônicas, não deixe de conferir o meu curso completo TEORIA E HARMONIA EM 11 AULAS clicando AQUI.

Observe com muita atenção na legenda abaixo as cores que vou usar a partir de agora nessa apostila para representar cada uma das etapas que comentei acima:

Legenda cores

Não deixe de assistir ao video da aula, acima, onde eu demonstro tudo isso com bastante detalhes!

2) Digitações da escala diatônica no CAGED

Trago abaixo cada uma das cinco regiões do CAGED com todas as informações resumidas nas cores.

2.1) Escalas Maiores no CAGED

Primeiro vou apresentar as fôrmas MAIORES, ou seja, com os acordes maiores, pentatônicas maiores e diatônicas maiores.

2.1.1) Forma C (maior)

Desenho diagrama diatonica maior forma de C

2.1.2) Forma A (maior)

Desenho diagrama diatonica maior forma de A

2.1.3) Forma G (maior)

Desenho diagrama diatonica maior forma de G

2.1.4) Forma E (maior)

Desenho diagrama diatonica maior forma de E

2.1.5) Forma D (maior)

Desenho diagrama diatonica maior forma de D

2.2) Escalas Menores no CAGED

Agora vou apresentar as fôrmas MENORES, ou seja, com os acordes menores, pentatônicas menores e diatônicas menores.

Note que todos os desenhos das escalas menores equivalem a algum dos desenhos das maiores, ou seja, um mesmo desenho de pentatônica pode ser tanto maior como menor, e um mesmo desenho de diatônica também pode ser tanto maior quanto menor. (Para compreender esse assunto corretamente é essencial estudar na parte teórica o tema “Escalas Relativas”)

2.2.1) Forma C (menor)

Desenho diagrama diatonica menor forma de C

2.2.2) Forma A (menor)

Desenho diagrama diatonica menor forma de A

2.2.3) Forma G (menor)

Desenho diagrama diatonica menor forma de G

2.2.4) Forma E (menor)

Desenho diagrama diatonica menor forma de E

2.2.5) Forma D (menor)

Desenho diagrama diatonica menor forma de D

3) Digitações da diatônica em 3 notas/corda

Além dos cinco desenhos de escalas diatônicas que trouxe acima, há outra maneira de se enxergar essas escalas ao longo do braço da guitarra.

Pense comigo: se a escala tem sete diferentes notas, há como termos sete diferentes digitações para essa escala, cada digitação partindo de cada uma das notas.

Uma maneira muito comum de se montar essas sete digitações é utilizando-se três notas em todas as cordas. É essa a maneira que trago abaixo. Ela facilita bastante a palhetada alternada!

Segue abaixo os sete desenhos, no formato de três notas por corda. Eu dessa vez escrevi os desenhos na TABLATURA.

Note que no exemplo abaixo o tom está em F maior (tônicas quadriculadas) ou Dm (tônicas arredondadas). Sabendo-se onde estão as tônicas podemos mover os desenhos para qualquer tonalidade que quisermos!

Digitações diatonica 3 notas por corda tom F ou Dm

Não deixe de assistir com atenção o vídeo da aula, pois lá explico em bem mais detalhes todo o conteúdo dessa apostila. Um ótimo estudo para você!

Se você curtiu o conteúdo dessa aula não deixe de conhecer meu curso online completo GUITARRA SOLO MELÓDICA, clicando AQUI. Venha ser meu aluno hoje mesmo!

Sobre o autor

Alex se formou com “honors” (méritos) pelo renomado Musicians Institute da California (EUA) em 1992. Já teve milhares de alunos ao longo de mais de 25 anos ensinando música, e em 2008 fundou sua própria escola, a Música Moderna, hoje uma das mais importantes do RJ. É um dos músicos mais conceituados do Brasil, com uma carreira de sucesso que inclui 5 CDs e 3 DVDs lançados, inúmeras colaborações em revistas especializadas (incluindo matérias e fotos de capa), já acompanhou artistas por todo o país e tem apoio de grandes marcas de equipamentos como Tagima, NIG, Santo Angelo, Albion e Sergio Rosar. É autor de diversos cursos online, tanto de guitarra quanto de teoria musical.

>

Receba material didático de Alex gratuitamente!